Últimas Notícias

Chuva inunda setores do Hospital Geral de Roraima e pacientes cobram providências

Acompanhantes relatam que goteiras atingiram macas e molharam pacientes internados

Créditos: Samantha Rufino
Imagens mostram baldes espalhados pelo chão para conter goteiras

Setores do Hospital Geral de Roraima (HGR) ficaram inundados devido à forte chuva que atingiu Boa Vista na madrugada desta quinta-feira (8). Vídeos feitos por acompanhantes de pacientes mostram baldes espalhados pelo chão para conter as goteiras nas salas onde estão os internados.

Em um dos registros uma acompanhante relata que a inundação já ocorreu outras vezes, e macas foram trocadas para evitar que pacientes fossem molhados pelas goteiras. No ano passado, o cinegrafista Tayllon Peres, de 28 anos, morreu dois dias após ser atingido por uma goteira na sala onde estava internado.

"Minha irmã já mudou de lugar, levou um banho um dia desse. A gente não pode nem ligar a lâmpada porque corre o risco de ter problema, a água já está próxima a paciente e continua caindo", relatou.

Nas imagens é possível ver que a água cai pelo teto, o Grande Trauma foi inundado, enfermaria molhada, e infiltrações pelas lâmpadas dos quartos. Os baldes utilizados para amenizar a situação estavam cheios pela metade.

Uma das internadas que aguarda por cirurgia há cinco meses na ala de enfermaria do hospital fez um vídeo em que relata a situação do quarto e questiona se as autoridades irão solucionar o problema.

"O que os governantes irão fazer? Socorro! Acordamos todos molhados porque molha por todo lugar. É arriscado nós que estamos aqui perder a vida a qualquer hora e ainda acorda assim, nessa humilhação. Se as autoridades quiserem comprovar podem vir aqui", suplicou.

Grande Trauma foi tomado pela água da chuva - Imagens: Reprodução/Redes sociais

OUTROS CASOS

Essa não é a primeira vez que inundações são registradas no HGR. Em 2019, pacientes filmaram os corredores alagados da unidade, que estavam sendo escoados pelos funcionários. Nas filmagens, um paciente continuava deitado na maca deixada no corredor.

Mesmo com o anúncio de reforma no Bloco B, feito pela Secretaria de Infraestrutura (Seinf) em maio de 2020, em julho do mesmo ano o Roraima em Tempo mostrou que água de esgoto invadiu a unidade por conta das chuvas. Na ocasião, o Governo de Roraima afirmou que a unidade passava por reformas nos blocos A, B, C e D.

CITADA

A Secretaria de Comunicação Social esclarece que o HGR passa por completa reforma e ampliação. São executadas medidas constantes para garantir a melhoria estrutural da Unidade, incluindo as instalações hidráulicas, elétricas e sanitárias, bem como a revitalização do telhado, que nunca teve uma reforma completa.

O Bloco B foi entregue reformado. O novo Bloco D também foi entregue reformado e passou a contar com posto de enfermagem, climatização, adequação sanitária, farmácia satélite, vestiário, conforto e sala de evolução médica.

Outra medida importante para atender melhor a população foi a reforma do Grande Trauma que foi entregue recentemente com 20 novos leitos de UTI para atendimento de pacientes acometidos pela Covid-19 e também demandas não relacionadas à doença.

Ação fundamental será a entrega da obra do Bloco E, cuja conclusão da obra está prevista para junho de 2021, garantirá a ampliação e estruturação do atendimento. Além disso, os Blocos A e C estão licitados para início das reformas, o que vai garantir um atendimento ainda melhor para a população.

Sobre o problema causado pela forte chuva na madrugada desta quinta-feira (8), a equipe de engenharia foi acionada assim que o problema foi detectado e está no HGR, realizando a manutenção desde as 7h.

De acordo com a direção do HGR, a força da água da chuva quebrou uma das telhas da unidade, causando consequentemente, goteiras em um uma pequena área dos blocos. O local onde ocorreu o vazamento foi interditado e os pacientes foram transferidos para outras áreas de saúde, enquanto a equipe conclui o serviço.